O que é um Emissor de Cupom Fiscal (ECF) e para que serve? 

Para quem ainda não sabe o que é este aparelho ou como funciona, saiba que atualmente ele está presente na maioria dos estabelecimentos comerciais sendo uma ferramenta fundamental para realizar operações comerciais e fiscais. O Emissor de Cupom Fiscal (ECF) emite documentos fiscais que vão comprovar transações de mercadorias e a prestação de serviços. Veja a seguir algumas perguntas frequentes sobre o tema e tire suas dúvidas:

O que é um Emissor de Cupom Fiscal?

Este é um equipamento responsável por emitir documentos fiscais que são referentes às vendas de produtos e prestação de serviços. Funciona de forma automática e serve para registrar os dados relativos à quantidade, descrição e valor de mercadorias vendidas ou serviços prestados. E ainda gera relatórios consolidados e calcula o imposto devido na comercialização de cada produto. 

Esses relatórios consolidados contém dados fiscais e auxiliam na automação da gestão comercial. Também é possível acessar diversas informações sobre o que foi comercializado pela empresa durante o mês. 

Como funciona?

O Emissor de Cupom Fiscal é semelhante a uma impressora comum, mas é menor, conta com uma memória extra e um programa que possibilita registrar e acumular as vendas. O objetivo é facilitar, para o estabelecimento, a emissão de documentos fiscais para o consumidor final. O funcionamento é bem simples, vamos usar o exemplo dentro da rotina de um mercado para explicá-lo. Veja:

– A operadora de caixa, durante o atendimento, digita os dados da transação no Ponto de Venda, que são enviados ao ECF. 

– Automaticamente o cupom fiscal é impresso em duas vias, uma é entregue ao consumidor e a outra fica com a colaboradora, que pode guardá-la em forma de papel impresso ou em arquivo eletrônico, dependendo do procedimento adotado pela administração da empresa.  

– Então no final do mês é possível conferir os relatórios emitidos e qual é o total de impostos que devem ser pagos. 

Qual estabelecimento precisa ter um ECF?

Todo e qualquer comércio ou empresa que se enquadra obrigatoriamente nos requisitos para emissão de comprovantes fiscais deve usá-lo. É o Emissor de Cupom Fiscal que deve entregar o Cupom Fiscal de venda ao consumidor durante as transações. 

Quais as diferenças entre cupom fiscal e nota fiscal?

Basicamente a diferença está no tipo de impressora ou equipamento que emite esses documentos. Outro ponto que diferencia um do outro é que a nota fiscal tem mais informações – descreve os dados pessoais do consumidor. Entretanto, desde que a Lei nº 12.741/12 foi criada pelo governo federal, é obrigatória a informação correta e detalhada dos tributos descritos no cupom e na nota fiscal. 

Por que é importante ter um Emissor de Cupom Fiscal?

Existem diversas razões e vantagens em utilizar esse equipamento em sua empresa, como a comprovação das atividades, o auxílio no gerenciamento e contabilidade, além de melhorar o seu relacionamento com os clientes.  O ECF registra todas as vendas, revendas, prestações de serviço e os documentos fiscais.

Assim é mais fácil se manter em dia com a Secretaria de Fazenda Estadual e os outros órgãos que fiscalizam as atividades empresariais. Outros documentos importantes que também são emitidos pelo Emissor  de Cupom Fiscal são: memória fiscal, Leitura X, Redução Z, o cupom vinculado ao cartão de crédito do cliente, um relatório gerencial e o comprovante não fiscal.  

Outra vantagem da automação comercial com o Emissor de Cupom Fiscal é tornar mais transparente e eficientes as atividades financeiras da empresa, o contribuinte só precisa verificar no final de cada mês os relatórios emitidos para apurar a quantidade de impostos a serem pagos.  Assim, o empreendedor também contribuí com a diminuição da sonegação de impostos e irregularidades fiscais, evitando multas e outras penalidades. É bom lembrar que, parte do que é pago nos impostos vai retornar em benefícios tanto para o empresário, como para o cliente. 

No âmbito de relacionamentos, a emissão do Cupom Fiscal é importante pois vai melhorar as relações entre empresários e consumidores aumentando a confiança entre eles. Além de possibilitar trocas de produto, identificar exatamente quais foram os gatos e realizar uma contabilidade pessoal. Alguns consumidores esquecem de pedir o cupom fiscal, porém, é obrigação do empreendedor emitir e entregá-la durante as transações comerciais.  Para os clientes existem benefícios, como premiações, sorteios, descontos em IPVA e IPTU e entre outros. 

Controle e eficiência 

Com o Emissor de Cupom Fiscal é possível tomar decisões importantes de negócio com base nos relatórios de vendas.  Todos os estabelecimentos que exercem atividades de vendas ou revendas de mercadorias e bens, ou que realizam prestação de serviços, seja pessoa física ou jurídica, são obrigados por lei a utilizar um Emissor de Cupom Fiscal. 

Não emitir cupons e notas fiscais pode gerar prejuízos para a sua empresa, e o cliente tem o direito de reclamar caso não o receba. Fique atento aos prejuízos que a não emissão do cupom fiscal pode gerar para sua empresa. Visite nosso site e saiba mais sobre o assunto: www.csdevices.com.br